builderall

Inovaes tecnolgicas como abordagem de tratamento fisioteraputico na Doena de Parkinson

 

A Doena de Parkinson (DP) uma desordem neurodegenerativa, de carter crnica e progressiva que acomete tanto o sistema nervoso central quanto sistema nervoso perifrico.

O prejuzo motor classicamente utilizado como marcador clnico de diagnstico da DP. As principais caractersticas so a rigidez muscular, bradicinesia (lentificao do movimento), hipocinesia (diminuio dos movimentos) ou acinesia (dificuldade em iniciar o movimento), instabilidade postural e tremor de repouso. Outros sintomas motores incluem alteraes posturais e na marcha, dificuldades na fala e deglutio, micrografia (escrita muito pequena e que diminui medida que escrita) e face em mscara. Como sintomas denominados no-motores podemos incluir o distrbio do sono, depresso, disfuno autonmica, hipotenso ortosttica, distrbios gastrointestinais urinrios, distrbios sexuais, anormalidades sensoriais e da dor, dermatite seborrica, problemas respiratrios e declnio cognitivo.

Devido ao comprometimento emocional, fsico, mental e social que a DP causa, a qualidade de vida das pessoas que so acometidas pela doena pode ficar muito prejudicada, reduzindo sua participao social e levando ao isolamento. Por isso, preservar a qualidade de vida um desafio para os profissionais da sade visando principalmente sua autonomia.

 

Como a Fisioterapia pode ajudar os pacientes com Doena de Parkinson?

Fisioterapeutas tem um papel muito importante no tratamento da doena de Parkinson, pois proporcionam uma melhora no estado geral do paciente e maximizam a sua funcionalidade. Seu principal desafio proporcionar formas de exercitar os pacientes procurando melhorar suas funes motoras e cognitivas, impactando positivamente nas funes no motoras.

A professora mestre em Neurocincias e Comportamento, Keyte Guedes, refora que ? sempre bom nos lembrarmos da importncia do tratamento multidisciplinar para acompanhamento desse paciente. Ou seja, ele precisa do acompanhamento mdico, seja do seu geriatra ou neurologista, mas tambm de outros especialistas como o fonoaudilogo, nutricionista, terapeuta ocupacional, educador fsico e psiclogo?.

 

E a tecnologia? Pode ser uma aliada no tratamento da DP?

Atualmente a tecnologia tem sido aplicada como uma alternativa aos exerccios praticados por quem tem DP. Consoles como o Nintendo Wii, Xbox Kinect, Sony Playstation (EyeToy), XaviX, assim como o culos de realidade virtual (Head Mounted Displays ? HMD) visam promover a neuroplasticidade e a aprendizagem motora.

O conceito de realidade virtual (RV) foi definido, em meados de 1960, por Ivan Sutherland a descrevendo como ?uma janela atravs da qual um usurio percebe o mundo virtual como se olhasse, sentisse, soasse real e no qual o usurio pudesse agir de forma real? (Sutherland, 1965).

Desde essa poca e de acordo com a rea de aplicao, vrias definies foram formuladas. No entanto, embora distintas as definies, trs caractersticas comuns destacam-se dos sistemas de RV: imerso (percepo de estar presente em um ambiente), o envolvimento (grau de engajamento do usurio) e a interao com esse ambiente.

Desta maneira, podemos entender a RV com aplicao para a fisioterapia como uma tecnologia gerada por computador que promove a interao entre usurios e ambientes virtuais, onde as tarefas so executadas em uma estimulao de alta intensidade (Kafri et al, 2014; Holmes et al 2013), proporcionada pelo feedback visual, sensorial e auditivo aumentado (Saposnik et al, 2010).

Devido ao baixo custo e facilidade de acesso, os exergames (vdeo games ativos ou exerccios baseados em jogos de vdeo) so os dispositivos mais utilizados. Evidncias recentes evidenciam o potencial de exergaming para a reabilitao da DP, colaborando com os resultados achados por uma meta-anlise realizada por Dockx et al (2016), principalmente sobre:

- O equilbrio, a aprendizagem motora, a cognio e a independncia nas atividades de vida diria, com resultados melhores ou similares do que os grupos controle;

- Enfatizam a confiabilidade e a segurana do Microsoft Kinect e do Wii Balance Board nos cenrios propostos;

- Estudos piloto declararam a segurana e a viabilidade do Microsoft Kinect e do Wii Balance Board em cenrios domsticos;

- Artigos tcnicos declararam a confiabilidade dos dados de equilbrio e marcha captados por ambos os dispositivos.

 

Quais as vantagens / benefcios do uso da realidade virtual em pacientes com DP?

De acordo com a Diretriz Europia de Fisioterapia para a DP, seis reas centrais foram identificadas como determinantes para direcionar a fisioterapia nesses indivduos: capacidade fsica, transferncias, postura, atividades manuais, equilbrio e marcha (Keus et al, 2014). Alm disso, sugerem que uma abordagem da tarefa orientada para a prtica a fim de facilitar o processo de aprendizagem motora e de transferncia para as atividades da vida diria, e o uso de pistas externas para melhorar a marcha.

Assim, visando essas recomendaes, os benefcios do uso de exerccios baseados em RV realizados por meio de videogames so:

Caractersticas da DP & Recursos da RV

??

Treino da funo motora e cognitiva;

(Brauer and Morris 2010; Niewboer et al, 2009)

Estimulao cognitivo-motora de forma integrada; (Pichierri et al, 2011)

Ambiente com tarefas motoras e cognitivas complexas; (Mendes et al, 2014; Galna et al, 2014)

Ateno altamente explorada e reforada; (Bavelier et al, 2012)


Deficincia na aprendizagem motora

Repetio, retroalimentao e motivao;

(Deutsch et al, 2011; Griffin et al, 2011)

Possibilidade de variar as condies de treinamento; (Butler and Willett, 2010)

Ativao de neurnios espelhos por meio da observao dos movimentos; (Saposnik et al, 2010)

Realimentao imediata do desempenho e resultado; (Mendes et al, 2012)


Necessitam de mais prtica

possvel realizar altas doses de treino intenso (repetio e durao); (Butler and Willett, 2010)

Ao mesmo tempo em que estimulam estratgias executivas de forma envolvente e motivacional (Laver et al, 2015)


Necessitam de informao sensorial adicional

Melhora da resoluo espacial e temporal da viso; (Green et al, 2010)

Fornece estmulos visuais e auditivos intensos; (Deutsch et al, 2011)

 

A professora Keyte refora que muito importante tomar vrios cuidados. ?Nem todos os jogos servem para todos os propsitos, bem como esta estratgia no se aplica a todos os indivduos com DP. necessrio analisar as demandas motoras e cognitivas de cada jogo, avaliar muito bem o paciente antes de selecionar o jogo para assim poder considerar qual o que melhor para cada caso. Alm disso, os pacientes devem ser monitorados pelos profissionais habilitados para dar qualquer tipo de assistncia caso seja necessrio.?

Para saber mais, leia o estudo completo da professora Keyte Guedes disponvel em: Silva et al. Pilot and Feasibility Studies (2017) 3:68; DOI 10.1186/s40814-017-0210-3